Antiguerra

Uma saga que narra os acontecimentos futuros após um período catastrófico da história mundial


O ano é 2031 e o mundo ainda se recupera do evento catastrófico que dizimou todo o território da Síria.

Naquele 21 de Setembro de 2019, o mundo acompanhou aterrorizado a descida de centenas de mísseis de destruição em massa, com potência suficiente para eliminar o país por completo. Civis, militares, homens e mulheres de todas as idades foram mortos no que foi considerado o mais covarde ato de retaliação do século 21.

O então Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado de ser o responsável pelo ataque, porém, negou a autoria, alegando não possuir armas com essa capacidade de destruição que não fossem nucleares.

Logo os peritos da ONU começaram as investigações e confirmaram que não houve uso de poder nuclear e os fragmentos de mísseis não foram encontradas em nenhum dos pontos de impacto. Um mistério que não interferiu na opinião pública do mundo todo e dos líderes da cúpula da ONU, que exigiram a destituição e prisão do Presidente Trump.

Foram 6 meses de buscas, sem nenhuma esperança de encontrar sobreviventes e a solução definitiva para entender qual foi a origem dos eventos. Trump permaneceu deposto e recluso nas instalações prisionais da ONU, com sede na Suíça, enquanto os EUA estavam sendo governados por seu vice presidente, Mike Pence.

Porém, em 13 de Março de 2020, foi encontrado um grupo de 7 sobreviventes da catástrofe que foram resgatados e questionados da situação. Suas declarações até hoje não foram reveladas a público, mas foram suficientes para libertar Trump e isentar a responsabilidade de qualquer nação pelo ocorrido.

Apesar de grandes manifestações pelo mundo, a ONU declara que ainda não chegou a uma conclusão definitiva e não deixaria nenhuma informação precipitada ser liberada ao público.

Quanto ao grupo de sobreviventes, pouco se sabe acerca dos mesmos. A não ser que eram compostos por uma senhora de 89 anos, 2 homens e 1 mulher de meia idade, um casal de adolescentes, e um bebê recém nascido. A ONU garante que estão todos em segurança e sob a proteção da Organização.

Os anos se passaram e teóricos ateus e religiosos tentaram explicar os eventos, mas ninguém chegou a uma definição, e nenhuma resposta concreta surgiu.

A desconfiança entre as nações colocou o mundo em um estado contínuo de alerta.
Os extremistas ganharam força com o ocorrido, pregando suas ideologias com maior vigor e, em alguns casos, maior impacto físico.

Hoje, após 12 anos do ocorrido, a sociedade mundial ainda vive sob os efeitos daquele dia fatídico.

Mas o ser humano aprendeu, ao longo das eras, a seguir em frente e focar em seus próprios problemas, e aguardar até que as respostas venham e que um dia ocorram os devidos Julgamentos.


Ainda não existem capítulos cadastrados.
Este conto está com previsão de lançamento para 15/04/2021
Desenvolvido por Alenda Digital
Voltar ao topo
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!